PÁGINA INICIAL | NOTÍCIAS | EVENTOS | LOCALIZAÇÃO | NOSSOS CONTACTOS
Parteira » Junta de Freguesia do Carvalhal
Até 1982 não havia médico na Freguesia e para consultar um médico fora desta só os mais abastados o conseguiam.

Havia o barbeiro do Amioso que ás vezes fazia de médico. Sabia descobrir uma apêndice e arrancava dentes com um alicate de cortar arame, a sangue frio. Nos partos existia a Florinda do Prédio que era extraordinária a ajudar mães em trabalho de parto.

Florinda do Prédio morava no Vale da Macieira num belo prédio, de onde herdou a alcunha Prédio, ela e todos os que aí moraram.
Do casamento de Florinda e Zé nasceram 3 filhos, Zé do Prédio que casou com a Maria, o António casou com a Adelina morando fora da Freguesia e a Maria do Prédio que casou com o Domingos Feijão e moravam no Casal do Sesmo.
No Prédio ficou o Zé e a esposa Maria.

Florinda apesar de iletrada era muito inteligente com capacidades extraordinárias em ajudar mães a parir.
Ajudava no parto, tratava da roupa das mães e recém-nascidos, da comida e vigiava todo o processo pós-parto.

Fê-lo inúmeras vezes durante as décadas de 30 e 60. Foram raros os casos em que surgiram problemas de saúde. No caso destes aparecerem o remédio para a recuperação era a canja de galinha, guardada para estas alturas.
Nos poucos casos que os recém-nascidos faleciam era a filha Maria que ia a pé desde Carvalhal até à Sertã buscar os caixões que trazia à cabeça sem cobrar um tostão.

Copyright © Junta de Freguesia do Carvalhal | Sertã - Todos os direitos reservados
Webdesign » Webjj-Webdesign